Blogue de opinião e divulgação.
Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009
Oposição reclama medidas urgentes para combater cenário de recessão

 

06.01.2009 - 19h10
Pedro Cunha (arquivo)
O regulador antecipou uma recessão técnica na segunda metade de 2008 e de 0,8 por cento para este ano

Os principais partidos da oposição reagiram hoje às previsões do Banco de Portugal – que antecipou uma recessão técnica na segunda metade de 2008 e de 0,8 por cento para este ano – dizendo que o cenário traçado já era previsível. Ainda assim, PSD, PCP, CDS-PP e BE lamentaram que o Governo não esteja a tomar as medidas certas e necessárias para o combater. Por seu lado, o PS acredita que Portugal está a seguir uma tendência geral recessiva, apesar do “esforço interno do Governo e das famílias”.

O porta-voz socialista, Vitalino Canas, reconheceu hoje que apesar do esforço Portugal não conseguiu escapar à tendência geral recessiva, mas disse ter confiança que as medidas do executivo vão no "caminho certo". Interrogado sobre a antecipação do Governador do Banco de Portugal que a economia portuguesa entrou em recessão técnica na segunda metade de 2008, o socialista insistiu que outras economias também entraram em recessão no ano passado.

Já o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, admitiu que Portugal se confronta cada vez mais com um cenário de recessão mundial e europeia. "Portugal é, neste aspecto, um país igual aos outros e, por isso, a nossa preocupação deve ser a de reagir, actuar para minimizarmos os efeitos que a recessão da actividade económica possa ter sobre o emprego", afirmou.

PSD garante que “as coisas não precisavam de ser assim”

O vice-presidente do principal partido da oposição, António Borges, disse, por seu lado, que os números do Banco de Portugal mostram que “a crise é muito mais séria do que o Governo vinha anunciando”. Para o economista social-democrata é preciso questionar em que moldes preparou o Executivo de José Sócrates o Orçamento do Estado para 2009, para estar tão longe da realidade.

O PSD denuncia, também, o facto de Portugal ter sempre “pior desempenho que os seus parceiros europeus” e assegura que a política seguida pelo Governo “não tem nem terá efeito algum”. Pelo contrário, para o social-democrata, algumas das medidas adoptadas “só agravam a crise e tornam o país mais vulnerável”. O partido defende mesmo que “as coisas não precisavam de ser assim” e pede ao Governo que centre as suas prioridades nas pequenas e médias empresas e na manutenção dos empregos das famílias.

O endividamento externo é outro dos pontos graves para os social-democratas, por caminhar para aquilo que consideram ser “níveis insustentáveis”. O PSD reafirma que “com políticas diferentes os resultados seriam outros”. E considera essencial que as empresas tenham liquidez, o que passa por fazer baixar as contribuições para as PME “de forma muito significativa”. Segundo António Borges é nisto que José Sócrates se deve centrar e não em “projectos megalómanos de investimento público”. E acrescenta: “O dinheiro devia ser melhor canalizado”
PCP destaca "pior cenário possível"

O secretário-geral do PCP considerou que a recessão económica prevista para 2009 é o "pior cenário possível" e defendeu maior apoio para as PME. Jerónimo de Sousa considerou que a contracção vai ter consequências "dramáticas" no desemprego e criticou os benefícios dados aos grandes grupos económicos e à banca.

"A única solução para combater o desemprego é desenvolver o aparelho produtivo e o mercado interno", afirmou o comunista, acrescentando que é preciso dar sobretudo um apoio "real" às PME. Segundo o dirigente dos comunistas, o facto de as PME poderem aumentar o endividamento é um "falso" apoio. "Não basta ajudar meia dúzia de poderosos", afirmou, sublinhando que é preciso deixar de lado esta "opção de classe" que conduz a um cenário de "distorção".
CDS-PP fala em “divórcio” entre o Orçamento e a realidade

Por seu lado, o líder do CDS-PP defendeu que "há razões de sobra" para que o Governo promova uma redução de impostos como via para estimular a economia, em linha com medidas seguidas por outros países. Paulo Portas referiu, ainda, que as previsões do Banco de Portugal confirmam "o divórcio consumado" entre o Orçamento do Estado para 2009 e a economia real.

Portas lamentou que Sócrates, "seja tão cego em relação ao investimento público que não veja a vantagem de uma redução de impostos" como via para estimular a economia, animar a actividade económica das pequenas e médias empresas e dar mais poder de compra à classe média. O dirigente defendeu que o Governo deve ter "uma estratégia muito mais profunda na área fiscal" a nível estrutural e que, como medidas imediatas, deve avançar com "regime mais justo na área do IVA, do pagamento por conta, e do pagamento especial por conta".
Bloco diz que BdP só confirmou o previsível

Por fim, o Bloco de Esquerda afirmou que as previsões só "vêm confirmar que a recessão está aí" e acusou o primeiro-ministro de ter "insultado os portugueses perante uma crise económica e social". Para a deputada bloquista Mariana Aiveca, "as medidas apresentadas até agora são claramente insuficientes e revelam que o Governo tem dois pesos e duas medidas para combater esta crise económica e social". Segundo o BE o que se exigia neste momento era que "o Governo aumentasse o investimento público, que recuasse na política de baixos salários e pensões e que melhorasse o apoio aos desempregados".

De acordo com as previsões divulgadas hoje pelo Banco de Portugal, a economia portuguesa vai contrair-se 0,8 por cento em 2009, com o produto interno bruto (PIB) a crescer 0,3 por cento no ano seguinte. O Boletim Económico de Inverno actualiza as projecções anteriores que apontavam para um crescimento do PIB igual a 1,3 por cento este ano. A economia nacional terá crescido no ano passado 0,3 por cento, uma projecção que já revela uma revisão em baixa face às previsões anteriores, de Outono, que apontavam para uma subida do PIB igual a 0,5 por cento. Em 2009, a economia recua para 0,8 por cento, regressando no próximo ano para uma projecção de crescimento igual à de 2008.

 



publicado por codigo430 às 22:40
link do post | comentar | favorito
|

Euro vs US Dollar
[Most Recent Exchange Rate from www.kitco.com]
Siouxsie And The Banshees - Dear Prudence
Coldplay - Paradise (Official)
Peter Gabriel - Games Without Frontiers
Je suis un homme - zazie
Vídeos
posts recentes

Fontes do Crescimento Eco...

El duro discurso de Marth...

¿Por qué el 'padre del iP...

A história de um Chef que...

Trabalho de pesquisa

Estatísticas do Turismo

Estrelas

Organizações Mundiais

Pent

Prova de Economia

links
tags

vídeos

opinião

cidadania

crise

democracia

economia

avaliação

globalização

humor

informação

outros temas

professores

actividades

música

enriquecimento

ambiente

sociologia

recursos

tve2

eua

informação vídeos

rtp

gripe

militarismo

videos

estudos

ensino

alunos

sic

estatísticas

escola

europeias

visitas de estudo

agricultura

poesia

fenprof

tvi

china

video

fome

divulgação

saramago

cef

iraque

profissional

vídeos tve2

galeano

leap

manifestações

pobreza informação

teoria

tve1

espinho

petróleo

técnico de secretariado

turismo

dia mundial

guerra

honduras

rosa

brasil

coltan

cultura

democracy

emigração

informação tve2

jn

laranjeira

outros temas vídeos

porto

sindicatos

colóquios

desigualdade

direito

economia tve2

estado

expresso

frases

galbraith

galeano tve2

gripe vídeos

obama

ocde

palestina

pedagogia

pobreza

privado

público

redes sociais

rt

técnico de comércio visitas de estudo

afeganistão

água informação vídeos

bbc

cgtp

chossudovsky

educação

fne

irão

manuel freire

todas as tags

Dívida Pública Mundial e por país

Tocar na imagem!
Outubro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
arquivos

Outubro 2016

Dezembro 2015

Setembro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Maio 2006