Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Lux Ad Lucem

Blogue de opinião e divulgação.

Lux Ad Lucem

Blogue de opinião e divulgação.

18.Jan.07

CIRCUITO DE DISTRIBUIÇÃO

CIRCUITO DE DISTRIBUIÇÃO CURTO:  caracteriza-se  pela existência de um  número reduzido de intermediários entre o produtor e o consumidor. Os produtos saem directamente dos produtores para os retalhistas que os vendem aos consumidores.

 

RETALHISTAS: São comerciantes que compram os produtos aos produtores ou a outros intermediários e vendem-nos directamente aos consumidores.

 

 

 

EXEMPLO DE UM CIRCUITO DE DISTRIBUIÇÃO CURTO:

 

PRODUTOR   ------- RETALHISTA ------------- CONSUMIDOR

 

 

CIRCUITO DE DISTRIBUIÇÃO LONGO: caracteriza-se  pela existência de um  vários intermediários entre o produtor e o consumidor. Os vários intermediários podem ser importadores, armazenistas, transportadores, agentes comerciais, etc. Todos os intermediários que se situam entre o produtor e o retalhista, designam-se por grossistas. Ao contrário dos retalhistas, os grossistas não vendem aos consumidores finais.

 

EXEMPLO DE UM CIRCUITO DE DISTRIBUIÇÃO LONGO:

 

 

PRODUTOR ---- IMPORTADOR ----- ARMAZENISTA -------- TRANSPORTADOR ----- RETALHISTA ------- AGENTE COMERCIAL ----- ----- CONSUMIDOR

 

 

O circuito de distribuição longo é utilizado sobretudo em produtos de grande consumo que exigem um elevado número de retalhistas, por exemplo, produtos de limpeza da casa, lacticínios, brinquedos, etc. Este tipo de circuito visa cobrir uma grande aéra geográfica e chegar ao maior número possível de potenciais clientes.

 

COMÉRCIO: conjunto de actividades relacionadas com a distribuição dos produtos e que permitem aos consumidores aceder aos produtos que pretendem. Os agentes económicos que se dedicam ao comércio são designados de comerciantes.

 

 

TIPOS DE COMÉRCIO:

 

QUANTO À RELAÇÃO DE PROPRIEDADE:

 

- Comércio Independente

- Comércio   Integrado

 

QUANTO À ESTRATÉGIA DE COMERCIALIZAÇÃO:

 

- Comércio Tradicional

- Hipermercados

- Comércio Especializado

- etc

 

 

COMÉRCIO INDEPENDENTE: este tipo de comércio engloba os comerciantes que detêm a propriedade dos seus estabelecimentos e não estão ligados jurídicamente a outros intermediários.

 

 

COMÉRCIO INTEGRADO: neste tipo de comércio existem vínculos jurídicos entre os vários intermediários que actuam no circcuito de distribuição. As relações que estabelecem entre si podem ser a nível de interesses, de gestão de actividades, e de propriedade das empresas respectivas. As lojas ZARA são um exemplo de comércio integrado onde existe a propriedade de todo o circuito de distribuição.

 

 

FRANCHISING (É UM TIPO DE COMÉRCIO INTEGRADO) que consiste num contrato em que uma empresa, o franchisador, concede a outra empresa, o franchisado, por contrapartida de um pagamento, o direito de se apresentar sob a sua marca para vender produtos ou serviços. As lojas da Benetton são um exemplo de franchising.

 

 

VANTAGENS DO FRANCHISING PARA O FRANCHISADOR:

 

- facilidade de acesso ao mercado

- controlo do canal de distribuição

- investimento reduzido, dado que são os franchisados que suportam os custos com as novas lojas

- risco repartido com o franchisado

Motivação acrescida do retalhista franchisado

 

 

VANTAGENS DO FRANCHISING PARA O FRANCHISADO:

 

- benefício de comerciar produtos com notoriedade

- crescimento rápido do negócio

-  co-propriedade de uma insígnia com notoriedade

- acesso  a formação de vanguarda ao nível das técnicas de merchandising e gestão comercial, etc

 

 

 

 

COMÉRCIO TRADICIONAL: é uma forma de comércio a retalho localizado sobretudo junto dos bairros residenciais em lojas com pequena área e  poucos empregados e que comercializam principalmente  produtos alimentares de higiene e de limpeza da casa. No comércio tradicional a estratégia de comercialização passa por um tratamento personalizado do cliente.

 

 

 

 

HIPERMERCADO E SUPERMERCADOS: localizam-se essencialmente nas periferias das cidades e comercializam uma grande variedade de produtos, desde alimentares, higiene, electrodomésticos, papelaria, livraria, etc. A sua dimensão exige muitos empregados.

 

 

COMÉRCIO ESPECIALIZADO: especializa-se num produto, num tipo de cliente, num conjunto de produtos afins ou num determinado tema ou assunto.

 

 

 

MÉTODOS DE DISTRIBUIÇÃO:

 

VENDA DIRECTA

 

VENDA À DISTÂNCIA

 

 

VENDA DIRECTA: o comerciante vende os seus produtos ou presta os seus serviços directamente ao cliente. A venda directa pode ser exercida na loja, porta a aporta ou em venda ambulante.

 

VENDA À DISTÂNCIA: neste método de distribuição não há contacto directo, físico, entre o vendedor e o comprador. A venda à distância pode ser efectuada por correspondência, por catálogo ou por comércio electrónico.