Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Lux Ad Lucem

Blogue de opinião e divulgação.

Lux Ad Lucem

Blogue de opinião e divulgação.

29.Ago.09

PS é o partido que mais vai gastar nas eleições autárquicas

 

 

As eleições custam dinheiro, evidentemente. Não são gratuitas, nem elas, nem os eleitos. São os portugueses que pagam. Por isso devem ser exigentes. Os eleitos não estão a fazer favor. Eles são pagos.

 

O problema é que muitos, mas muitos portugueses pagam e depois não são exigentes. Olham para os eleitos como se fossem "deuses" e deixam-nos abusar. Um dos grandes desregramentos é permitir que o eleito só "preste contas" no final do mandato. O desmando que a sociedade permite, em regra,  é tanto que alguns nem isso fazem.

 

Não, o eleito tem de prestar contas todos os dias, todos os dias tem de estar a ser avaliado, afinal ele recebe todos os meses e não apenas no final do mandato.

 

Com muita frequência se aponta o exemplo da gestão das empresas privadas como exemplo que se devia seguir no Estado. Se assim é, pergunta-se, qual o patrão que deixa o seu empregado sem se preocupar se está a cumprir as suas tarefas? Se isso acontecer, o funcionário não é logo chamado a atenção, podendo ser despedido se não corrigir?

 

Porque é que os cidadãos não actuam da mesma forma?

 

É que o patrão é o que paga e o empregado, o funcionário é o que recebe.

 

Na vida pública, os portugueses são o patrão, os eleitos são os empregados.